5 de nov de 2016

Não finja que somos amigos, pois não somos!

Não venha conversar esperando que eu faça o assunto aflorar, não temos nada em comum e eu não sou mais aquela idiota que faz questão de manter a conversa.
Sabe o que é mais engraçado? Foram meses tentando conversar contigo, eu sinto até vergonha de ter corrido atrás da sua atenção, mas eu sou assim mesmo não gosto de deixar ninguém, mas você quis isso, foi me perdendo aos poucos e nem percebeu.
Mas chega, não vou mendigar amizade de ninguém, não quero ser a idiota que sempre puxa papo ou que chama pra sair, nem vou ser a substituta, pois quando não tem as outras ‘amigas’ por perto começa a se lembrar de mim. Sou boa demais pra ser amiga step, sou boa demais pra ter uma “amizade” como a sua!

Ignora-me aqui, esquece-me ali, não honra os compromissos e assim você vai percebendo que quer ficar do seu lado de verdade!
Meu único arrependimento é de ter dado toda confiança que você nunca mereceu.

4 de nov de 2016

O seu eu de antes gostaria de ser essa pessoa de agora?


Se eu pudesse voltar exatamente naquele dia eu te diria o quão diferente você se tornou então pouco tempo e sim, seria uma critica. Você vivia dizendo que nunca iria mudar, mas mudou e não que mudar seja algo ruim, mas acontece que no seu caso foi sim, infelizmente.
Ainda gosto de ti, mas não tanto quando gostava do seu eu de antes, da sua personalidade forte de antes, do seu cabelo rebelde de antes, dos seus sonhos e garra de antes, do seu modo de ver o mundo de antes. Você mudou tanto, não diria nem que você se espelha, mas sim copia outros, esta tão focado em um só mundo que acabou perdendo a sua essência, o seu diferencial no mundo e isso é tão triste, é triste não te reconhecer, não saber quem é você.
Agora quando te olho eu vejo apenas uma pessoa que tem a necessidade de ser aceita, que quer impressionar os outros, eu não tenho coragem de dizer isso na sua cara, mas te acho uma pessoa oportunista e interesseira.
Gostaria de saber o que você pensa quando olha pra si mesmo no espelho, será que vê o potencial que deixou pra trás? Será que você se lembra de como era? Será que você ainda consegue pensar por si mesmo? Eu só queria que você refletisse algumas coisas:
O seu eu de antes queria ser essa pessoa? Seu eu de antes sentiria orgulho do seu eu de agora?
Não da pra voltar para o passado pro jeito que tudo era, ou do jeito que ao menos eu achava que era, o negocio é seguir enfrente, pois tudo que me restou é o agora, e esse agora é sem você.


2 de nov de 2016

Desculpa, não sou o seu tipo de pessoa


Nunca pensei que você fosse o tipo de sujeito que buscava status, sempre o vi como uma pessoa humilde, com os mesmos princípios que o meu, mesma visão de educação e com a mesma esperança que muitos chamam de utopia, devo admitir que você fingiu bem, me enganou perfeitamente ao ponto de me deixar me sentindo a pessoa mais otária desse mundo.

29 de out de 2016

Resolvi me perdoar

Resolvi me perdoar, não vou ficar me culpando, julgando ou remoendo coisas que já passaram. Não vou me estressar por bobeiras, nem pensar nos outros mais do que penso em mim, vou olhar para as oportunidades, pensar positivo e me amar mais ao invés de me julgar e me cobrar por tudo.
A parte de mim que sempre quis ter outras pessoas por perto hoje quer distancia da maioria delas, ficava pensando por horas em como dizer o quanto gostava e queria fulano por perto, mas acabei mudando de ideia no caminho e já que mudei de ideia, mudei o caminho também pra bem longe de toda falta de reciprocidade.
Aprendi de uma forma difícil que a única pessoa que pode me mover do lugar, sou eu mesma e ninguém mais.
Amor próprio é bom, saber se valorizar é indescritível!


28 de out de 2016

O meu eu indisfarçável

Foto Reprodução: Tumblr

Tenho tanta pra dizer para pessoas que nem se quer querem me ouvir. Queria parar de ficar remoendo certas coisas, mas acontece que eu sempre digo que não irei mais me importar com quem não se importa comigo, porém sempre sou otária o suficiente de me importar e muito.
Sou dessas pessoas que se importam tanto com os outros que acaba pensando e ficando angustiada com o problema alheio, não queria ser assim, mas essa sou eu e não há como negar, não consigo disfarçar quando algo não me agrada, não consigo conversar naturalmente quando alguém me fere, não quando o sujeito que quer um feedback é o motivo por eu estar magoada.

27 de out de 2016

Quais eram seus sonhos de criança?



Quais eram seus sonhos de criança? Se tem algo que fazemos quando criança é sonhar, não que eu tenha perdido o costume, mas tenho que confessar que é mais fácil sonhar quando se é inocente (pra não dizer ignorante). 
Quando criança eu tinha vários sonhos e certezas:

Eu iria ser professora de matemática ou ciências;
Moraria numa casinha na árvore, sim na árvore;
Teria muitos animais, mas não iria comê-los;
Iria ser fluente na língua tupi;
Teria um acampamento de férias;
Comeria batata frita todos os dias (Bem que minha mãe me avisou que eu iria enjoar);
Teria um diário enorme, com um cadeado descente;
Natal mágico com neve (Iguais dos filmes)
Comer as panquecas voadoras do papai urso (te amo pequeno urso <3)


Além disso, sempre desejei ser a melhor filha do mundo pros meus pais e ser a melhor amiga do meu irmão Alex. Ser a melhor pessoa que eu puder ser e esse desejo me acompanha até hoje!


16 de out de 2016

Receita de churros com chocolate


Para a massa você irá precisar de:
2 xícaras de água
2 colheres bem cheias de manteiga ou margarina
Uma pitada de sal
2 xícaras e (1/2) de farinha de trigo


Para o chocolate irá precisar:
1 lata de leite condensado
1 colher de manteiga
6 colheres de achocolatado em pó (ou cacau)
1 lata (caixa) de creme de leite (opcional)