19 de jul de 2015

Ciclo de uma amizade perdida


Essa tarde eu me lembrei de todos os amigos que já tive na vida e bateu uma dorzinha no peito, uma saudade imensa de todos eles. Nesse momento analisei tanto que descobri que perdi quase todos os amigos de amizades que eu pensava que seriam para sempre.
  Aquela coisa de trocar olhares e já saber que a outra pessoa esta pensando, rir do nada e por coisas bobas, gostar das mesmas coisas, fazer planos juntos, sofrer e sorrir juntos, não ficar sem falar com a pessoa sequer um dia e pensar ‘isso irá durar pra sempre’.
  Eu me lembro de quase todos os planos idiotas: vamos morar juntas, vamos fazer uma viagem juntas, lembro mesmo de uma pessoa falando 'quando mudarmos pra tal escola, seu pai nos leva e minha mãe irá nos buscar',
  É triste o fato de uns te abandonar por novos amigos, é triste eu mesma não ter corrido atrás de algumas amizades por achar que não queriam mais falar comigo, mas do nada somos pessoas extremamente diferentes, com caminhos e gostos diferentes.
  Você percebe sinais quando uma amizade esta acabando, a pessoa começa a te procurar quando não tem mais ninguém ou por algum interesse que tenha, talvez nem te responda direito ou com entusiamo, você já não sente segura para contar seus segredos e sente aquele clima estranho quando vê ou tenta conversar com a pessoa. Você olha as conversas antigas e nota que é você que esta sempre puxando papo e que sempre chama pra sair e começa a ver as desculpas ridículas.
  Dai acontece aquele ciclo de amigos -> colegas -> conhecidos -> estranhos.
  Talvez nem se lembrem da minha existência, mas eu sempre irei lembrar de todos. Não conheço mais nenhum de vocês e vocês também não me conhecem. A vida prossegue!


Quantas amizades não acabaram com “Nós apenas paramos de nos falar”.



Trilha sonora: All The Right Friends

Nenhum comentário :

Postar um comentário