2 de nov de 2016

Desculpa, não sou o seu tipo de pessoa


Nunca pensei que você fosse o tipo de sujeito que buscava status, sempre o vi como uma pessoa humilde, com os mesmos princípios que o meu, mesma visão de educação e com a mesma esperança que muitos chamam de utopia, devo admitir que você fingiu bem, me enganou perfeitamente ao ponto de me deixar me sentindo a pessoa mais otária desse mundo.
Nunca poderei te dar presentes caros, ou fazer viagens caras contigo, nem sempre estarei vestindo roupas da moda, não irei desperdiçar horas com futilidades alheias e muito menos poderei ir às festas que você vai, pois eu nem gosto desse tipo de lugar, desse tipo de gente, desse tipo de assunto.

Sinto muito por não ter metade da futilidade, arrogância e falta de ética que seus amigos possuem.


Nenhum comentário :

Postar um comentário